quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Ônibus param amanhã em protesto contra falta de segurança

Convocados pelo sindicato que representa a categoria, rodoviários do transporte urbano prometem cruzar os braços, em Maceió, para a realização de um protesto que terá início às 9 horas desta quinta-feira (12), na Praça do Centenário, no Farol, e que deve durar toda a manhã. A paralisação deve afetar principalmente quem utiliza os ônibus que circulam na parte alta da cidade, com destino à região central. A mobilização quer chamar a atenção para a falta de segurança denunciada pelos trabalhadores.

O protesto foi articulado após mais um caso de violência contra rodoviário. Na manhã de hoje, o motorista da empresa São Francisco, Ivanildo Alves da Silveira, 44 anos, foi assassinado no Conjunto Santos Dumont, quando se dirigia para o trabalho. Os sindicalistas farão, ainda, uma panfletagem nas sedes das empresas de ônibus de Maceió, denunciando, segundo o sindicato da categoria, a inoperância do poder público.

A paralisação deve ocorrer das 9 às 12 horas, comprometendo o fluxo de veículos que farão o trajeto do Tabuleiro do Martins ao Centro, em Maceió. “Não vamos paralisar tudo em respeito a população. A intenção é chamar a atenção sobre a situação de insegurança que nós estamos vivendo”, afirmou Écio Ângelo Marques, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário (Sinttro).

Os primeiros levantamentos sobre o crime foram feitos pela equipe da Delegacia de Homicídios. Caso seja confirmado que o motorista foi vítima de latrocínio, o caso será encaminhado à especializada, a Delegacia de Roubos da Capital. 

Fonte:http://gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=349590&e=13
Postado por: Euclides Avila - Coordenador de Comunicação.