terça-feira, 18 de agosto de 2020

SERVIDORES DA PREFEITURA DE UNIÃO DOS PALMARES PODEM ENTRAR EM GREVE GERAL


A Diretoria do Sindicato dos trabalhadores Públicos Municipais de União dos Palmares - SINTPMUP, mais uma vez encaminhou Oficio ao Prefeito e Secretário Municipal Geral de Administração, solicitando uma resposta para a reposição salarial 2020.

Em assembleia geral realizada com os servidores públicos municipais de União dos Palmares, realizada no dia 12 de março de 2020, na sede do Sindicato. a categoria deliberou por encaminhar a seguinte contraproposta para a reposição salarial 2020 - 1ª contraproposta: Reposição salarial de 4,32% a ser implantado no mês de abril. 2ª contraproposta: Reposição salarial de 5%, sendo fracionada da seguinte forma – 1,5% a ser implantado no mês de abril / 1,5% a ser implantado no mês de junho / e 2% a ser implantado no mês de agosto.

Acontece que até o momento o Gestor Municipal não deu nenhuma resposta a categoria.

No mesmo Oficio foi solicitado informações sobre a regularização e liberação do empréstimo consignado, que também não se teve nenhuma resposta do Prefeito Areski de Freitas de União dos Palmares, e o servidor continua sendo penalizado sem poder renovar e aderir ao empréstimo consignado, nem no Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

O Prefeito e a Câmara de Vereadores tem que resolver essa situação da gente, estamos sendo penalizados por falta de compromisso do Prefeito que é regularizar as pendências junto aos bancos. Temos que fazer uma greve geral para ver se o Prefeito resolve. O SINTEAL e o SINTPMUP tem que se juntar para fazer essa greve. Disse a servidora da Educação, Maria Aparecida.

A Diretoria do SINTPMUP está tentando unificar esta luta com as entidades representativas Municipal e Estadual que representam as categoria do município de União dos Palmares (SINTEAL, SINDACS, SINDGUARDA, Sindicato dos Médicos, Enfermeiros, e SINTPMUP), pois se o Prefeito não der uma resposta a categoria, será realizada uma assembleia geral, no dia 28 de AGOSTO de 2020, com todas as categorias (EDUCAÇÃO, SAÚDE, INFRAESTRUTURA, PREFEITURA, SAAE) para deliberar sobre uma paralisação de advertência podendo tronar-se em uma GREVE GERAL. 

Agora só depende do Prefeito, para que não haja essa paralisação. Espero que antes do dia 28 de Agosto, o Prefeito dê uma resposta sobre a regularização dessas pendências, para que não haja uma greve geral e a população não seja ainda mais penalizada. Finalizou o Diretor do SINTPMUP.

terça-feira, 11 de agosto de 2020

SONHO DO SERVIDOR DE UNIÃO DOS PALMARES SENDO REALIZADO

Os membros da  Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de União dos Palmares - SINTPMUP, Junior Soares, Arisvaldo, Euclides Avila, Israel (Daé), o Diretor licenciado Tita do Sindicato, e servidores municipais, estiveram acompanhando no dia 10 de agosto de 2020, o término da segunda etapa para a construção do Clube do Servidor. 

Nesta segunda etapa tivemos a dificuldade para iniciar a obra por falta de água, pois não existia rede do SAAE. Tivemos que comprar todo o material de encanação e fazer a escavação de 300 metros, para o SAAE instalar a rede de água. Não é fácil realizar esse sonho do servidor, é uma obra grande, que dará muito trabalho para conclusão, mas a Direção do Sindicato tem esse compromisso firmado com a categoria, e com a união e ajuda de todos iremos conseguir realizar. Agora iremos iniciar a terceira etapa da construção. Finalizou o Diretor Euclides.

Além da rede de água que não existia no loteamento, também não existia a rede elétrica, e tivemos que fazer com recursos próprios a instalação da rede de água, e fizemos o pedido a Equatorial para a extensão de rede da energia elétrica.

 















quinta-feira, 6 de agosto de 2020

NOTA DE FALECIMENTO

Notícias - Nota de falecimento

É com grande pesar que a  Diretoria do SINTPMUP lamenta profundamente o falecimento do Diretor desta entidade sindical e Servidor da Secretaria de Infraestrutura, Dirceu de Almeida.

A Deus pedimos que dê o merecido repouso eterno em seu reino. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares, amigos e companheiros.

A Diretoria SINTPMUP

terça-feira, 21 de julho de 2020

MP REQUEREU QUE O PODER JUDICIÁRIO OBRIGUE A PREFEITURA DE UNIÃO DOS PALMARES A REPASSAR ÀS INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS OS VALORES DO EMPRÉSTIMO CONSIGNADOS

Matéria extraída de: https://gazetaweb.globo.com/portal/noticia/2020/07/mpe-processa-prefeito-de-uniao-dos-palmares-por-improbidade-administrativa_110685.php

MPE processa prefeito de União dos Palmares por improbidade administrativa

Investigação teve início quando o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de União dos Palmares protocolou representação contra o prefeito.

 Por Pâmela de Oliveira, com MP/AL    20/07/2020 09h20 - Atualizada às 20/07/2020 09h57

Prefeito Kil, como é conhecido, é acusado pelo 
MP/AL de ato de improbidade
FOTO: ARQUIVO GAZETAWEB
O Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL) ajuizou, na última sexta-feira (17), uma ação civil por ato de improbidade administrativa contra o prefeito de União dos Palmares, Areski Damara Freitas de Omena Júnior. O gestor está sendo acusado de apropriação indébita por reter os valores de empréstimos consignados descontados em folha de servidores público e não repassá-los à Caixa Econômica Federal (CEF). O prejuízo aos cofres do Município somam quase R$ 178 mil, uma vez que a instituição financeira cobrou juros em razão do atraso do já referido repasse. 
Na ação, ajuizada pela 2ª Promotoria de Justiça de União dos Palmares, cuja titularidade é da promotora Adilza Inácio de Freitas, o MPAL explica que a apuração dos fatos teve início quando o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de União dos Palmares protocolou representação contra o prefeito da cidade, informando que os servidores públicos estavam sob ameaça de ter seus nomes negativados em razão do não repasse dos valores do dinheiro descontado na fonte. Com base nisso, foi instaurado um procedimento preparatório para investigar o caso.
E, de fato, o Município estava se apropriando dos recursos. "Conforme se verifica nos extratos repassados pela Caixa Econômica Federal, de 2017 até o corrente ano, nos seguintes meses de outubro/2017, novembro/2017, fevereiro/2018, setembro/2018, outubro/2018, novembro/2018, fevereiro/2019, março/2019, abril/2019, maio/2019, junho/2019, julho/2019, agosto/2019, setembro/2019, novembro/2019, janeiro/2020, março/2020, abril/2020 e maio/2020, deixou o ente municipal de repassar o valor para a referida instituição bancária no prazo correto, ocasionando encargos por mora para a prefeitura de R$ 177.724,71", diz um trecho da petição.
Quando questionado pelo Ministério Público, o Poder Executivo alegou que ficou "sem efetuar os repasses de dois meses porque houve a diminuição nos recursos do município" e que, em razão disso, "preferiu pagar os salários dos servidores". No entanto, tal explicação não convenceu à promotoria de Justiça, uma vez que os atrasos não ocorreram apenas em dois meses de 2019, e sim, em 19 meses alternados entre 2017 e 2020.
A responsabilidade do gestor
"A conduta do demandado importou em manifesta ofensa ao princípio da legalidade, já que retardou, indevidamente, uma obrigação legal e, com essa conduta, praticou, também, uma segunda modalidade de improbidade administrativa, prevista no artigo 10 da Lei nº 8. 429/92, ao causar lesão ao erário, onerando os cofres públicos", informou a promotora Adilza Inácio de Freitas.
Para ela, o réu agiu de maneira negligente ao empregar método temerário de gerenciamento dos recursos sob a responsabilidade do Executivo e, além de causar dano ao próprio tesouro municipal por causa da cobrança de juros, ele ainda prejudicou os trabalhadores. 
"A prefeitura apropriou-se, indevidamente, de um valor que não lhe pertencia, apesar de estar em seu poder, para aplicar em finalidade diversa da qual era destinada. E, neste ínterim, não se pode deixar de mencionar, também, as prováveis ações de indenização por danos morais/materiais que poderão ser aforadas pelos servidores contra o Município de União dos Palmares, ante as cobranças pelas instituições respectivas em razão do não repasse dos valores deles descontados, bem como pela negativação dos seus nomes", alerta a promotora de Justiça.
Os pedidos do MPAL
O Ministério Público Estadual de Alagoas requereu que o Poder Judiciário obrigue a Prefeitura de União dos Palmares a repassar às instituições financeiras todos os valores descontados dos salários dos servidores, de modo que não seja mais causado prejuízo a nenhuma das partes.
A Promotoria de Justiça de União dos Palmares também pediu a indisponibilidade de bens do prefeito da cidade no valor apontado como prejuízo ao erário para fins de ressarcimento, assim como a suspensão dos seus direitos políticos e a perda da função pública.

terça-feira, 14 de julho de 2020

VEREADORES DE UNIÃO DOS PALMARES APROVAM PROJETO QUE SUSPENDE AS PARCELAS DO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO

A Câmara Municipal de Vereadores de União dos Palmares, aprovou na sessão do dia 13 de julho de 2020, o Projeto de Lei que suspende as parcelas do empréstimo consignado durante essa pandemia, por quatro meses.


Agora o projeto segue para o prefeito sancionar e enviar para as instituições bancárias para que seja suspensa as parcelas.

A servidora Maria José disse graças a Deus que os vereadores aprovaram, o Tita do Sindicato e a diretoria do sindicato fez a parte deles. Agora espero que o prefeito aprove também, o servidor tá ansioso para que ele sancione logo. Concluiu a servidora.

Postado: Assessoria de Comunicacão Sintpmup










terça-feira, 7 de julho de 2020

MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE UNIÃO DOS PALMARES, APRESENTA UM PROJETO DE LEI SUSPENDENDO AS PARCELAS DO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DURANTE A PANDEMIA

A pedido da Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de União dos Palmares a mesa diretora da Câmara Municipal de União dos Palmares apresentou nesta segunda-feira, 06 de julho de 2020,  um projeto de lei para suspender as parcelas do empréstimo consignado durante essa pandemia, por quatro meses.

O projeto foi lido e encaminhado as comissões de finanças e justiça, onde vai ser apreciado para ser colocado em votação pelos Vereadores.

O servidor José Cícero que estava presente parabenizou a iniciativa da Diretoria do Sindicato e agradeceu aos Vereadores. Isso vai trazer um alívio para gente, espero que o Prefeito aprove também. Finalizou o servidor muito contente.

O servidor tá ansioso pela aprovação desse projeto,  vai ajudar muito aos servidores que vem passando por um momento difícil nessa pandemia. Esse dinheiro que irá sobrar no final do mês vai dá para ajudar aos seus dependentes e familiares, que estão desempregados por causa dessa pandemia. Agora vamos aguardar a aprovação deste projeto pelos Vereadores e a sansão do Prefeito.  Finalizou Tita do Sindicato.

sexta-feira, 26 de junho de 2020

SINDICATO DE UNIÃO DOS PALMARES PEDE SUSPENSÃO DO PAGAMENTO DO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO

A Diretoria do Sindicato - SINTPMUP encaminhou Oficio solicitando ao Gestor Municipal  e a Câmara de Vereadores a criação de um Projeto de Lei para que haja a  suspensão do desconto em folha de parcelas de empréstimos consignados pelo período de quatro meses, por conta da pandemia da Covid-19. 

Essas parcelas serão acrescidas no final do contrato, e deverá ser facultativo, para o servidor que quiser aderir. 















Servidor cobra do prefeito de União dos Palmares uma resposta desde Março

Foto de arquivo
A Diretoria do Sindicato - SINTPMUP junto com os servidores públicos municipais de União dos Palmares, ainda aguardam uma resposta do Prefeito para a reposição salarial 2020.

Em assembleia realizada na sede do Sindicato no mês março a categoria deliberou e enviou uma contraproposta ao prefeito, mas até o momento não houve nenhuma resposta. 

Mais uma vez a Diretoria do SINTPMUP encaminhou um Oficio solicitando uma resposta oficial para a reposição da categoria. 

Esta luta será  unificada: educação, saúde, infraestrutura, prefeitura. Todos os servidores juntos nesta luta da reposição salarial.

Uma servidora disse que essa reposição para o  prefeito não é nada, mas para a gente trabalhador é muito, as coisas estão aumentando todos os dias. Finalizou uma servidora, que não quis revelar seu nome com medo de perseguição.

Esperamos que o prefeito der uma resposta positiva para evitar uma paralisação no município.

REPOSIÇÃO SALARIAL JÁ!

Matérias relacionadas:

quarta-feira, 18 de março de 2020

quinta-feira, 19 de março de 2020


segunda-feira, 22 de junho de 2020

Abono do PIS/Pasep 2020/2021 começa a ser pago no dia 30

Quem não sacou o abono do calendário 2019/2020 poderá efetuar o saque
Publicado em 19/06/2020 - 15:37 Por Bruna Saniele - Repórter da Agência Brasil - Brasília
O pagamento do abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2019 terá início no dia 30 e término em 30 de junho de 2021, de acordo com informações do Ministério da Economia. Para os trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), a data de pagamento é no mês do nascimento. Já para os funcionários públicos, associados ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), é o dígito final do número de inscrição do Pasep.
Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração média de até dois salários mínimos e estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
Neste ano, o abono traz uma novidade. Os trabalhadores com saques previstos para o ano de 2020 a partir de 30 de junho já vão ter o dinheiro creditado na conta, no caso correntistas da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. Para os demais participantes, o abono estará disponível a partir de 16 de julho.
Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro recebem o PIS ainda este ano. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque no próximo ano. Servidores públicos com o final de inscrição do Pasep de 0 a 4 também recebem este ano e as inscrições com o final de 5 a 9 ficam para 2021. 
Quem não sacou o abono do calendário 2019/2020 poderá efetuar o saque agora no calendário 2020/2021 ou em até cinco anos, sem a necessidade de determinação judicial, conforme estabelece o artigo 4º da Resolução 838 do Codefat. Dessa forma, correntistas da Caixa e do Banco do Brasil terão os créditos em conta disponíveis também a partir de 30 de junho e os demais trabalhadores poderão fazer o saque a partir de 16 de julho.
O valor do abono salarial será calculado na proporção um doze avos (1/12) do salário mínimo vigente na data do pagamento. No caso de falecimento do participante, herdeiros têm direito ao saque.
* Com informações do Ministério da Economia
Edição: Fernando Fraga
Matéria extraída de: https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-06/abono-do-pispasep-20202021-comeca-ser-pago-no-dia-30 Em 22 de junho de 2020
____________________________________________________________________________




segunda-feira, 15 de junho de 2020

Hospital São Vicente de Paula, Recebe Recurso do Governo Federal. e União dos Palmares vai ter um Hospital de Campanha.

 O Hospital São Vicente de Paula em União dos Palmares aderiu ao programa do governo federal de ajuda para o enfrentamento e  combate coronavírus, e foi contemplado com uma verba federal, no valor de $ 3.437.531.32 ( TRÊS MILHÕES, QUATROCENTOS E TRINTA E SETE MIL, QUINHENTOS E TRINTA E HUM REAIS E TRINTA E DOIS CENTAVOS). 
Pelo fato do município não ter um hospital de campanha para o atendimento de pacientes contaminados, o Hospital São Vicente de Paula vai assumir por três meses, a construção e manutenção do hospital de campanha para atendimento aos pacientes com Covid19. O município dará uma contra partida no suporte da infraestrutura da rede elétrica, hidráulica, saneamento e liberando o espaço público (Rua) em frente ao hospital.


sexta-feira, 12 de junho de 2020

NOTA DE FALECIMENTO

É com grande pesar que a  Diretoria do SINTPMUP lamenta profundamente e se solidariza à família e aos amigos do Sindicalista e Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Coruripe - AL, Sr. Roberto Santos, que faleceu na manhã desta sexta-feira, 12 de junho, vítima da Covid-19.

A Deus pedimos que dê o merecido repouso eterno em seu reino. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares, amigos e companheiros.

A Diretoria SINTPMUP